FRESP no facebook FRESP no Instagram FRESP no YouTube

Raízen e Geo Energética anunciam construção de planta de biogás com apoio da Investe SP

13/11/2018

As empresas Raízen e Geo Energética se unem em joint venture para criar a primeira planta no Brasil a gerar eletricidade em escala comercial a partir de subprodutos da cana-de-açúcar. Com aporte de R$ 153 milhões e previsão de gerar 20 novas vagas de empregos, o projeto da planta de biogás será instalado em Guariba, a cerca de 340 km da capital e na Região Metropolitana de Ribeirão Preto.

A planta de biogás vai utilizar a tecnologia de conversão da torta de filtro e da vinhaça, inovação que promove energia mais limpa, sustentável e ainda com benefícios para o consumidor e para o meio ambiente. O biogás é resultado de um complexo processo produtivo em que é transformado em energia elétrica. Purificado, o biogás pode substituir o diesel como combustível de automóveis, tratores e caminhões.

O projeto para a planta de Guariba tem o apoio da Investe São Paulo – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade – para pleito tributário. “Estamos muito orgulhosos de dar suporte a um projeto tão importante e pioneiro para o Estado de São Paulo”, destaca Sérgio Costa, diretor da Investe São Paulo.

“Com essa iniciativa, a Raízen reforça seu pioneirismo em ações de inovação e desenvolvimento do setor com foco em energias limpas e renováveis, alinhadas a políticas públicas, como o RenovaBio. Com isso, consolidamos mais uma vez nosso papel como protagonistas da sustentabilidade por meio da economia circular, ao aproveitarmos todos os resíduos e insumos utilizados em nossos processos na geração de novos produtos”, explica João Alberto Abreu, vice-presidente executivo da área de Etanol, Açúcar e Energia da Raízen.

“Trata-se de uma solução única, 100% sustentável, capaz de revolucionar o tratamento dos resíduos orgânicos da indústria sucroalcooleira, que possui a melhor logística operacional do mundo e é capaz de se tornar autossuficiente na geração e consumo de energia verde”, explica Alessandro Gardemann, diretor da GEO Energética. Para Evaldo Fabian, também diretor da GEO, “o Brasil tem grande potencial nessa área, pois é capaz de produzir essa energia verde durante todo o ano, sem qualquer dano ao meio ambiente”.

Sobre a Raízen

A Raízen é uma empresa integrada de energia que atua em todas as etapas do processo: desde o cultivo da cana, com a produção de açúcar, etanol e bioenergia, até a comercialização, logística e distribuição de combustíveis. É líder na produção de açúcar, etanol e bioenergia no país - com 860 mil hectares de áreas agrícolas cultivadas - e uma das maiores no setor de combustíveis, com mais de 6.200 postos da marca Shell – além de cerca de 950 lojas de conveniência Shell Select. A empresa se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no país, com R$ 86,2 bilhões.

A companhia conta com cerca de 29 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen Energia produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano e 4,2 milhões de toneladas de açúcar. E comercializa 4,6 milhões de toneladas de açúcar e 25 bilhões de litros combustíveis por ano, o que faz da empresa a maior comercializadora de etanol do país. A companhia também tem 1GW de capacidade instalada de produção de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar e comercializa anualmente 3,9 TWh de energia.

A Raízen Combustíveis está presente em 68 bases de abastecimento em aeroportos, 68 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Além dos 6.200 postos da marca Shell e das 950 lojas de conveniência Shell Select.

Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, para desenvolver uma relação sustentável e cooperativa com as comunidades do entorno de suas unidades, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 15 anos, possui seis núcleos no interior do Estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Sobre a Geo Energética

A GEO Energética, empresa 100% brasileira, iniciou as pesquisas para desenvolvimento da tecnologia de produção de energia e biogás a partir dos resíduos da cana de açúcar em 2006. Em 2012, em parceria com a Coopcana (Cooperativa Agrícola Regional de Produtores de Cana Ltda), implementou sua primeira planta comercial no noroeste do Paraná, com capacidade instalada para gerar 4 Mws de energia elétrica a partir da reciclagem da vinhaça, torta de filtro e palha.

A solução biotecnológica da GEO foi desenvolvida no Centro de Pesquisas GEO Energética (CPG), em Londrina (PR), e foi patenteada em 2009. Trata-se de uma solução única, 100% sustentável. O processo utiliza todos os resíduos agroindustriais para a produção de biogás de alta qualidade e alto teor de pureza. Esse biogás é armazenado e pode ser usado em geradores, para produzir energia elétrica 100% limpa, comercializada no mercado livre, ou ser transformado em biometano para uso como biocombustível em tratores, colheitadeiras, caminhões e ônibus. Os resíduos da produção desse biogás também não geram qualquer impacto ambiental, pois voltam à natureza na forma de dois subprodutos agrícolas: adubo orgânico sólido e fertilizante líquido.

 

Voltar